ENCERRAMENTO DO FANTASPOA 2012

Em 20 de maio, o Fantaspoa encerrou suas atividades com a maior edição de sua história. Repleto de premières latino-americanas, com cinco premières mundiais e mais de 30 convidados, o festival teve um aumento de 10% nos espectadores, totalizando 6.600 pessoas. Seguem os vencedores do VIII Fantaspoa, com comentários dos jurados.

CURTAS-METRAGENS

JÚRI OFICIAL:
Jurados: Michel Munhoz e Paulo Duarte.
 

MELHOR CURTA NACIONAL ANIMAÇÃO: O Céu No Andar De Baixo, dirigido por Leonardo Cata Preta.
Nos arrebatou pela plasticidade e pela narrativa poética.

MELHOR CURTA NACIONAL LIVE-ACTION: Os Desalmados, dirigido por Rafael Borghi.
Pelo visível esforço de produção mesmo diante das limitações de tempo e orçamento e pelo notável  empenho em transformar um projeto inicialmente acadêmico em uma obra criativa com uma linguagem e estética moderna, que flerta com o pulp, o pop e que aponta para um novo núcleo de profissionais do audiovisual do qual se espera mais obras do gênero fantástico em um futuro próximo.

MELHOR CURTA INTERNACIONAL ANIMAÇÃO: Canção De Blackwater, dirigido por Bo Mathorne.
A pequena obra-prima Canção De Blackwater, sem dúvida uma das melhores animações já produzidas nos últimos tempos, surpreende pela plasticidade e por trabalhar com um enredo mítico de uma maneira original.

MELHOR CURTA INTERNACIONAL LIVE-ACTION: Picnic, dirigido por Gerardo Herrero.
Fala ao mais primitivo dos medos, ou seja, o medo do que não existe, o medo que está em nossa cabeça e de suas consequências, além do subtexto também colocar brilhantemente que as consequências das guerras duram muitos e muitos anos, mesmo depois delas terminadas.

JÚRI POPULAR:

MELHOR CURTA NACIONAL ANIMAÇÃO: O Céu No Andar De Baixo, dirigido por Leonardo Cata Preta.

MELHOR CURTA NACIONAL LIVE-ACTION: Os Desalmados, dirigido por Rafael Borghi.

MELHOR CURTA INTERNACIONAL ANIMAÇÃO: Canção De Blackwater, dirigido por Bo Mathorne.

MELHOR CURTA INTERNACIONAL LIVE-ACTION: Matar Uma Criança, dirigido por César Esteban Alenda e José Esteban Alenda.

LONGAS-METRAGENS

MOSTRA APOCALIPSE ZUMBI
Jurados: Cristian Verardi, Hernán Panessi e Marcelo Severo.

MELHOR FILME: Pushin’ up Daisies, dirigido por Patrick Franklin.
Pushin’ Up Daisies pela inventividade da trama ao utilizar a mítica figura dos zumbis como elemento desestabilizador para satirizar as convenções cinematográficas, num implacável exercício de humor negro.

MOSTRA PANORAMA
Jurados: Cid Nader e Todd E. Freeman. 

MELHOR FILME: Kid-Thing, dirigido por David Zellner.
Por ser o trabalho que mais pode ser entendido como “cúmplice” da proposta do Festival (filmes de algum tipo de estranhamento). A figura central da criança avessa ao comum (e mesmo as dos que a cercam) são bastante interessantes. E o diretor David Zellner conseguiu também concretizar um trabalho bastante amparado em invenções formalistas que resultaram em grandes momentos visuais: grandes e inventivos, por opções de tomadas raras e extremamente bem executadas.

MELHOR DIRETOR(A): Marta Stephens, de A Canção do Peregrino.
Por ter realizado um filme de rara sensibilidade – atenção e complexidade em todos os personagens; e drama sutil, tanto quanto importante -, como talvez só mulheres consigam (sem que essa opinião caracterize redução de capacidades ao sexo do artista), mas com um ato um tanto mais raro de construção, quando se nota  tal sensibilidade direcionada principalmente para a figura masculina do peregrino.

MOSTRA COMPETITIVA IBERO-AMERICANA
Jurados: Beatriz Saldanha e Eron Duarte Fagundes.

MELHOR FILME: Toupeiras, dirigido por Emiliano Romero.
Toupeiras chamou a atenção do júri por sua trama surrealista sobre os caminhos tortuosos de um homem para a realização de um sonho. O filme aponta extraordinárias possibilidades para o cinema fantástico atual.

MELHOR DIRETOR: Nicanor Loreti, de Diablo.
Pelas formas enxutas e precisas de sua montagem cinematográfica.

MENÇÃO HONROSA PELA MEMÓRIA DO CINEMA FANTÁSTICO: Alucardos – Retrato de um Vampiro, dirigido por Ulises Guzmán.
Dispensa o formato do documentário tradicional: é uma bela peça cinematográfica. Resgata um dos mais interessantes personagens do cinema mexicano, Juan López Moctezuma.

MOSTRA COMPETITIVA INTERNACIONAL
Jurados: André Kleinert e Carlos Primati.

MELHOR FILME: O Alvo, dirigido por Alexander Zeldovich.
Obra de momentos visuais arrebatadores, em que ficção científica, suspense e drama existencial se entrelaçam de forma insólita.

MELHOR DIRETOR: David Jarab, de Mão-Cabeça-Coração.
Pelo notável talento em criar uma constante atmosfera surreal dentro de uma trama que junta realismo fantástico e um complexo registro histórico/político.

MELHOR ATOR: Tihomir Stanic, de O Inimigo.
Notável talento em compor um demônio que assusta pelo olhar insidioso e pelas palavras enigmáticas.

MELHOR ATRIZ: Victoria Bidwell, de Pele Reconfortante.
Excepcional interpretação em que uma gama de sentimentos diversos se desenvolve com rara naturalidade.

MELHOR ROTEIRO: Snowman’s Land, dirigido por Tomasz Thomson.
Partindo de premissas tradicionais dentro do gênero suspense, um texto que consegue extrair forte tensão a partir de elementos de uma legítima comédia de erros.

MELHORES EFEITOS ESPECIAIS: Inato, dirigido por Alex Chandon.
Na contramão da tendência moderna na utilização excessiva de efeitos digitais, a obra em questão se vale de trucagens que remetem a produções dos anos 70 e 80, de resultados mais que eficazes.

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE: O Contrabandista, dirigido por Katsuhito Ishii.
Concepção visual ousada, com cenários e vestuário apresentando um registro que oscila entre o irreal e o futurista.

MELHOR BANHO DE SANGUE: Raiva, dirigido por Aharon Keshales e Navot Papushado.
Um massacre em que plasma e vísceras em profusão não é apenas um recurso gratuito, mas a própria razão de ser do filme.

RAINHA DO GRITO: Anessa Ramsey, de Ritos da Primavera.
Do início ao fim do filme, ela não só passa um bom tempo gritando, como esperneia, xinga e dá socos e pontapés. Ou seja, uma legítima Rainha do Grito!

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI/CONTRIBUIÇÃO ARTÍSTICA: The Girl from the Naked Eye, dirigido por David Ren.
Coreografias de lutas de nível altíssimo!

JÚRI POPULAR:

MELHOR FILME: Um Pouquinho Zumbi, dirigido por Casey Walker.

Anúncios
Published in: Sem categoria on maio 24, 2012 at 11:01 pm  Deixe um comentário  

14/05 – Dia 11 de VIII Fantaspoa

ImagemImagem

Sessões comentadas do dia:

Fase 7, às 19h00, no Cine Santander. Filme argentino, terá presença e debate com o diretor Nicolás Goldbart. Obra de comédia e ficção científica, participou de alguns dos mais prestigiados festivais de cinema do mundo, como South by Southwest (SXSW), Imagine Film Festival, Festival de Cinema de Mar Del Plata, Sci-Fi Longos e Festival Internacional de Edimburgo.

Escaleno, às 21h15, no CineBancários, com presença do diretor norte-americano Zack Parker. O filme iniciou sua carreira em festivais no ano passado e estreou no “Dances With Films Film Festival”, respeitado festival de cinema estadunidense. Neste, já ganhou prêmio de melhor filme. Após, o filme passou por outros diversos festivais e ganhou muitos prêmios.

Hoje, somente o CineBancários estará funcionando. Às 15h, teremos a exibição de O Corredor, sobre um grupo de amigos que encontra um corredor espectral numa floresta, que os leva a momentos de insanidade. Às 17h, première latino-americana de Mão-Cabeça-Coração, lindo filme tcheco de fantasia e ganhador de prêmios Czech Lions de melhor direção de arte e de fotografia.

Lembrando que todos os filmes do Fantaspoa dificilmente serão exibidos em cinema novamente em Porto Alegre. Portanto, é oportunidade única ver esses filmes no evento. E especialmente importantes são as sessões comentadas, na qual vocês espectadores poderão ter um contato mais próximos com os realizadores das obras que adoramos e exibimos no Fantaspoa.

Abraços,
João Fleck e Nicolas Tonsho

Published in: Sem categoria on maio 14, 2012 at 1:53 pm  Deixe um comentário  

12/05 – Nono dia de VIII Fantaspoa

ImagemImagem

Sessões comentadas do dia:

Às 19h, no Cine Santander, o diretor argentino Emiliano Romero e o músico argentino Germán Suane estarão presentes, na première mundial de Toupeiras.

Às 21h15, exibiremos o clássico Re-Animator: a Hora dos Mortos-Vivos, do diretor norte-americano Stuart Gordon. Após a sessão, realizaremos um debate com o diretor.

Antes, às 15h, será a última oportunidade de se assistir a A Dama Dançou até a Morte, na Sala Paulo Amorim; e Um Pouquinho Zumbi (que teve sessão cheia e muito divertida ontem), no Cine Santander. As últimas exibições de DeadHeads e BadAss, bem como a primeira de Alucardos – Retrato de um Vampiro serão realizadas às 17h. Às 19h, além do já citado Toupeiras, o público poderá assistir a Pele Reconfortante e Do Além.

Abraços,
João Fleck e Nicolas Tonsho

Published in: Sem categoria on maio 12, 2012 at 2:16 pm  Comments (2)  

11/05 – Oitavo dia de VIII Fantaspoa

Imagem
Sessões comentadas do dia:

Às 19h, no Cine Santander, o diretor norte-americano Casey Walker estará presente na sessão de seu filme, Um Pouquinho Zumbi. Este filme, financiado em boa parte via sistema de Crowdfunding, começou sua carreira em festivais há apenas dois meses e, nesse ínterim, já foi selecionado para mais de sete festivais de cinema do mundo. Ele merece ser visto. Em tela grande e com muitas pessoas.

Às 21h15, no CineBancários, Bonecos da Morte (Bonecos da Morte) será apresentado, com presença de David Schmoeller. Este é o primeiro filme de uma das franquias mais famosas do cinema de horror do mundo (conhecida também como The Puppet Master).

Além das sessões comentadas, às 15h apresentaremos as últimas sessões do mocumentário (documentário falso) Pushing’ Up Daisies e o lindo documentário argentino O Ambulante. Às 17h, é a vez de A Canção do Peregrino e de Brawler, na Casa de Cultura Mário Quintana. E finalmente às 19h, o público terá sua última chance de assistir a O InfernoInfelizes para Sempre. 

Nos vemos nos cinemas!

Abraços,
João Fleck e Nicolas Tonsho

Published in: Sem categoria on maio 11, 2012 at 10:48 am  Deixe um comentário  

09/05 – Quinto dia de Fantaspoa

Imagem

Sessão comentada do dia: às 21h15, no CineBancários, exibição de Dagon, de Stuart Gordon, com debate com o diretor. 

Mais diversão hoje: às 15h, na Sala Paulo Amorim, Kid-Thing, exibido em Sundance e Berlinale, foi o filme mostrado pelo Fantaspoa na apresentação do evento à imprensa, tendo agradado bastante os presentes. No Cine Santander, o primeiro filme de zumbis rodado totalmente na África: Os Mortos. Às 17h, na Sala Paulo Amorim, A Dama Dançou Até a Morte, lindo e premiado filme sobre dois irmãos e sua relação com a dança; e Procurando por Sonny, na Sala Eduardo Hirtz, exibido no Austin Film Festival, envolvendo um grupo de amigos que acaba sendo acusado de um assassinato e tenta investigar os fatos. Às 19h, últimas sessões de A Linguagem dos Machetes Vingança Branca.  

A programação tem diversas obras lindas. Aproveitem.

Published in: Sem categoria on maio 10, 2012 at 3:19 pm  Deixe um comentário  

Sessões do dia 09 de maio!

Sessões comentadas do dia:
Às 19h, na Sala Paulo Amorim, exibição de O Ambulante, de Eduardo Marcelo de la Serna. O diretor argentino estará presente e participará de debate com público após a sessão. ATENÇÃO: HAVÍAMOS PUBLICADO QUE A SESSÃO SERIA NO CINE SANTANDER. A INFORMAÇÃO ESTAVA INCORRETA, A EXIBIÇÃO SERÁ REALIZADA NA SALA PAULO AMORIM NA CASA DE CULTURA MÁRIO QUINTANA.
Às 21h15, no CineBancários, première mundial de Pequenos Monstros, de David Schmoeller. Debate com o diretor.
ÀS 15h, no Cine Santander, será apresentado o irlandês Retrato de um Zumbi, sobre uma família que tenta manter vivo um filho que se tornou um zumbi; e A Canção do Peregrino, muito bem recebido no South by Southwest, será exibido na Sala Paulo Amorim. Às 17h, Danny Trejo e Ron Pearlman aparecem em Bad Ass; e Brawler, sobre dois irmãos lutadores que, em meio a desavenças, decidem organizar uma luta na qual somente um permanecerá vivo, será exibido na Sala Eduardo Hirtz.Às 19h, o mexicano O Inferno será exibido na Sala Eduardo Hirtz. Trata-se provavelmente do filme mais premiado de toda a programação do Fantaspoa: fala sobre um homem que entra para o crime e começa a lidar com o narcotráfico. Nesse mesmo horário, exibiremos, no Cine Santander, Pushing’ Up Daisies, integrante da mostra Apocalipse Zumbi, que mostra um rapaz que tenta fazer um documentário, mas é atrapalhado por zumbis.

Published in: Sem categoria on maio 9, 2012 at 1:58 pm  Deixe um comentário  

08/05 – Terça-feira – Quinto dia do Fantaspoa

Hoje, sessão comentada de Armadilha para Turistas (Tourist Trap), com presença de David Schmoeller.

Hoje, sessão comentada de Armadilha para Turistas (Tourist Trap), com presença de David Schmoeller.

Caros,

A partir de hoje, o Fantaspoa ocupará quatro salas de cinema de Porto Alegre: Cine Santander, CineBancários, Sala Paulo Amorim e Sala Eduardo Hirtz. Por toda a semana, no CineBancários será exibida a Mostra Homenageados (com filmes de David Schmoeller e Stuart Gordon, e onde serão realizadas as sessões comentadas com ambos os diretores); no Cine Santander, vocês poderão assistir à Mostra Apocalipse Zumbi; e, nas salas Paulo Amorim e Eduardo Hirtz, a Mostra Panorama.

Então, hoje, às 21h15, o diretor David Schmoeller, homenageado desta edição do Fantaspoa, estará presente na sessão de seu filme Armadilha para Turistas. No CineBancários. Imperdível.

Citando alguns filmes de hoje, às 15h, temos o premiado Estado de Emergência, um retrato desesperador de um homem que fica preso em uma zona que fica em quarentena devido ao surgimento de zumbis; o drama tocante Infelizes para Sempre, sobre uma ex-celebridade que vive meio sem rumo e encontra uma motivação na vida ao descobrir que teve um filho há 18 anos. Às 17h, apresentaremos o elogiadíssimo A Linguagem dos Machetes, exibido em festivais de cinema muito prestigiados, como Berlinale e Festival de Veneza; e Os Mortos, filme elogiadíssimo por Harry Knowles (fundador do Ain’t it Cool News e crítico muito prestigiado), conhecido como primeiro filme de zumbis filmado totalmente na África. Às 19h, é a hora do chinês Vingança Branca, com muitas artes marciais e lindas cenas de ação, e que ganhou mais de 15 prêmios mundo afora; e Diferente de Nós, belo filme filipino de zumbis, aliás, um dos poucos do gênero realizados naquele país.

Compareçam, chamem seus amigos, e divirtam-se! O Fantaspoa só está começando.

Abraços,
João Fleck e Nicolas Tonsho  

Published in: Sem categoria on maio 8, 2012 at 2:43 pm  Comments (1)  

07/05 – Segunda-feira – Quarto dia do Fantaspoa

ImagemOi, pessoal.

Acabadas as mostras competitivas de curtas-metragens, hoje o Fantaspoa novamente vai se concentrar no CineBancários. Às 15h, teremos a Sessão Curta Petrobras, que consiste em uma seleção de ótimos filmes realizados com apoio do nosso patrocinador. Depois, às 17h, vocês terão outra chance de assistir ao Cinematoso e, às 19h, Nervo Craniano Zero.

Às 21h15, sessão comentada do divertido Jeca Contra o Capeta, de Mazzaropi, em comemoração ao centenário do diretor. A sessão será comentada por Paulo Duarte, autor de biografia “Mazzaropi: Uma Antologia de Risos”, sobre o comediante. 

Abraços,
João Fleck e Nicolas Tonsho

Published in: Sem categoria on maio 7, 2012 at 3:07 pm  Deixe um comentário  

05/05 – Sábado – Segundo dia de VIII Fantaspoa

Imagem

Oi, pessoal

Espero que tenham se divertido ontem, nas exibições do Nervo Craniano Zero. Para quem viu e curtiu, dá uma curtida na Fanpage do filme no Facebook: www.facebook.com/nervocranianozero. Quem não viu tem a oportunidade de assistir ao filme na segunda-feira, dia 07 de maio, às 19 horas.

Hoje começam as mostras competitivas de curtas-metragens do oitavo Fantaspoa. Tudo será realizado no CineBancários, no Sindicato dos Bancários. Logo cedo, às 15 horas, teremos os curtas-metragens nacionais. Às 17h e às 19h, teremos os curtas-metragens internacionais em animação. As seleções são compostas por diversos filmes que já foram premiados em outros festivais de cinema, e algumas descobertas do Fantaspoa. E, não diferindo de outros anos, podemos dizer que são diversas obras primas. O público recebe canhotos de votação antes das sessões, para julgar os melhores curtas das sessões.

O dia finaliza com o divertido Cinematoso, documentário sobre o cineasta paranaense Cyro Matoso, às 21h15 no CineBancários. Ele faz cinema desde a década de 70, com poucos recursos, lá no interior do Paraná. É conhecidíssimo em sua região por seus filmes e seu esforço grandioso em realizar a sua arte – muitas vezes envolvendo situações muito engraçadas e autênticas. Enfim, agora o Fantaspoa tenta tornar essa figura mais conhecida em outras regiões. Garanto que vocês se divertirão bastante. E poderão conhecer o diretor do filme, Bruno de Oliveira, e o próprio Cyro Matoso.

Aproveitem.

Abraços,

João Fleck e Nicolas Tonsho

Published in: Sem categoria on maio 5, 2012 at 3:50 pm  Deixe um comentário  

04/05/2012 – Abertura do VIII Fantaspoa

ImagemHoje, dia 04 de maio, é o grande dia da abertura do VIII Fantaspoa.  De hoje até o dia 20 de maio, apresentaremos um total de mais de 150 obras, dentre longas e curtas-metragens. Só de longas-metragens, serão 87 títulos, provenientes de mais de 28 países diferentes. Nas salas Cine Santander, CineBancários, Paulo Amorim e Eduardo Hirtz, vocês poderão assistir a filmes que, de outra maneira, dificilmente assistiriam em salas de cinema no Brasil. E esse fato não é devido a uma qualidade menor das obras, ou algo negativo relacionado. Trata-se apenas de uma questão mercadológica de distribuição de filmes. Nesse sentido, podemos dizer que o Fantaspoa está cumprindo bem o seu papel de festival de cinema, que, em suma, deve funcionar como uma janela de exibição alternativa. Ou seja, a ideia principal é exibir uma programação com filmes de qualidade que não obedecerão/obedeceram a ordem de distribuição dos filmes que usualmente vemos nos cinema.

Portanto, nós sempre tentamos destacar os festivais que selecionaram ou premiaram os filmes programados no Fantaspoa. Dessa forma, demonstra-se a crescente importância do festival, uma vez que mais produtores de filmes prestigiados no circuito de festivais têm se interessado em exibir suas obras no Fantaspoa.

Bom, voltando à programação da edição deste ano, temos a homenagem aos diretores norte-americanos David Schmoeller (de “Bonecos da Morte ou “Puppet Master”) e Stuart Gordon (de “Re-Animator”). Além disso, apresentaremos as mostras competitivas de curtas-metragens internacional e nacional; competitiva Internacional e Ibero-americana; além das novidades Apocalipse Zumbi e Panorama. E temos diariamente ao menos uma sessão comentada programada. Nesse ano, traremos 26 convidados.

E, como atividades paralelas, temos o curso teórico ministrado por Carlos Primati e a Mostra Fotográfica Demons Divas, realizada por Kasha Lee.

A abertura do VIII FAntaspoa será realizada hoje, às 17h30, com a inauguração da exposição Demons Divas, com coquetel com bebes fornecidos pela Cerveja Província e Cachaças Artesanais da APRODECANA. Às 19 horas, será realizada a primeira exibição pública do filme Nervo Craniano Zero, de Paulo Biscaia Filho. O início das atividades começa com um debate com o diretor e a atriz e cantor Uyara Torrente (cantora da Banda Mais Bonita da Cidade) após a sessão. 
Também será realizada sessão do Nervo Craniano Zero hoje, às 21h15, no mesmo CineBancários. Antes da exibição, será feita uma apresentação pelo diretor.

Esperamos todos vocês participando ativamente do Fantaspoa, isso é sempre muito importante. Até mais tarde!

Abraços,
João Fleck e Nicolas Tonsho

Published in: Sem categoria on maio 4, 2012 at 2:35 pm  Deixe um comentário